Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Ceará Ceará

Especiais

Receba as notícias

RSS

22/02/2017 - 17h16

Ceará homenageará centenário de Mitotônio, primeiro grande ídolo do clube, antes do jogo contra o Flamengo

Bruno Balacó brunobalaco@opovo.com.br
Cearasc.com/Divulgação
Mitotônio é o segundo maior goleador da história do Ceará

Esta quarta-feira, dia 22 de fevereiro, marca uma data importante para a história do Ceará Sporting. Há exatos 100 anos, nascia Mitotônio, grande ídolo que o Ceará teve na primeira metade do século XX. O ex-ponta esquerda vestiu a camisa do Vovô por 10 anos, atuou em 219 partidas, marcando 151 gols, sendo até hoje segundo maior artilheiro da equipe - só superado por Gildo (com 251 gols) - e obteve uma expressiva média de 0,69 gol por jogo.

Mitotônio defendeu as cores do Alvinegro até o último dia de sua vida. Ele faleceu de forma precoce, aos 34 anos, vítima de um AVC, sofrido horas após defender o Alvinegro na vitória de 4x1 sobre o Gentilândia, no estádio Presidente Vargas, pelo Campeonato Cearense, no dia 31 de março de 1951. Por décadas, o atleta teve sua morte associada a uma congestão estomacal ocasionada por uma panelada mal digerida, mas o atestado de óbtido de Mitotônio, divulgado pelo O POVO na edição do último domingo, mostra que a verdadeira causa da morte foi uma hemorragia cerebral.

Pegando a deixa do centenário do ídolo, o Ceará prestará uma homenagem a Mitotônio no jogo contra o Flamengo, nesta quarta-feira, as 19h30min, na Arena Castelão, pela 2ª rodada da Primeira Liga. Na ocasião, o clube exibirá no telão um vídeo especial relembrando a importância do ex-ponta esquerda na história do Vovô. A iniciativa é da Diretoria de Cultura, Biblioteca e Documentação do Ceará.

PERFIL


Craque de sua geração, Antônio Edgar da Silveira, o Mitotônio, nasceu em Granja-CE e só começou a jogar profissionalmente aos 22 anos, quando foi levado de sua cidade natal para defender o Fortaleza. No Tricolor, atuou por mais uma temporada e foi campeão cearense em 1938. Pouco mais de dois anos depois, foi negociado com o Ceará, onde fato brilhou para o futebol.

 

Foi um dos destaques das conquistas do títulos estaduaus em 1941 e 1942. Ao lado de Hermenegildo, parceiro de time com quem formou dupla memóravel no Ceará, foi transferido ao Náutico em 1945, foi campeão pernambucano e voltou ao Vovô em 1946.

 

Dois anos depois, sagrou-se bicampeão cearense pelo Vovô. Atuou também por anos na Seleção Cearense. A popularidade do ex-ponta-esquerda o levou a ganhar o concurso “Craque Mais Querido do Estado” e a figurar entre os vinte jogadores mais votados do País em promoção semelhante, promovida pelo Jornal dos Sports, do Rio de Janeiro

PERFIL DO MITOTÔNIO

Nome: Antônio Edgar da Silveira (Mitotônio)
Posição: ponta-esquerda
Nascimento: 22/2/1917
Falecimento: 1/4/1951
Times que defendeu: Fortaleza (1938-40); Ceará (1940-45; 1946-51) e Náutico (1945)
Títulos: quatro vezes campeão cearense (1938, pelo Fortaleza; e 1941, 42 e 48, pelo Ceará); Campeão pernambucano (1945, pelo Náutico)

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook
Erro ao renderizar o portlet: EN_Clubes

Erro: No module named aplication
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: EN_Destaque Video Interna

Erro: No module named aplication