Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Copa das Confederações Copa das Confederações

Especiais

Receba as notícias

RSS

23/06/2013 - 17h51

Nigéria até dá trabalho, mas Espanha vence e se classifica com 100%

Sol, muito calor e casa cheia em Fortaleza. Esses foram alguns dos ingredientes do jogo entre Espanha e Nigéria, neste domingo, no Castelão. Com a vitória por 3 a 0 - gols de Jordi Alba (dois) e Fernando Torres -, a Fúria garantiu a primeira colocação no Grupo B da Copa das Confederações e agora pega a Itália na semifinal da competição, numa reedição da decisão da Euro-2012, quando os espanhóis atropelaram a Azzurra por 4 a 0. O palco do jogo no Brasil será o mesmo Castelão, na próxima quinta-feira.

GOL E RITMO ALUCINANTE

Se a moda espanhola é tocar a bola e envolver o adversário, isso se fez presente logo nos primeiros minutos. Quando a Nigéria tentava pressionar, uma saída rápida da Espanha acabou no fundo da rede. Após várias trocas rápidas de bola, ela chegou nos pés de Jordi Alba. O lateral-esquerdo driblou dois marcadores, dividiu com um terceiro e mandou para o gol.

E jogo seguiu em um ritmo alucinante. Fàbregas entrou livre após tabelar e Enyeama salvou o que seria segundo gol espanhol. No lance, Omeruo se chocou com o goleiro e acabou deixando a partida. Egwuekwe ganhou chance de entrar na partida. Na sequência, Obi Mikel, dentro da grande área, quase empatou. Sergio Ramos se jogou na bola impediu o gol. O lance serviu para mostrar que os nigerianos também jogariam de forma ofensiva.

Se no jogo contra o Taiti o goleiro Reina não teve trabalho na goleada espanhola por 10 a 0, Valdés precisou mostrar que mereceu a chance dada por Vicente Del Bosque. Em um bom chute de MBA, o goleirão do Barcelona se esticou todo para mandar a bola para escanteio. Em outros lances, também precisou mostrar agilidade para salvar a Fúria.

E não parou por aí não, meus amigos. Chances para os dois lados, contra-ataques, defesas e até bola na trave. Soldado perdeu duas grandes oportunidades: Eneyama brilhou. E a trave ainda salvou o que seria um contra de Egwuekwe.

MUDANÇAS E VITÓRIA GARANTIDA

Na volta do intervalo, o forte calor de Fortaleza serviu para deixar o jogo ainda mais quente. A Nigéria seguiu tentando o empate, mas sempre errando nas finalizações. Na grande área, Ideye teve uma grande chance de empatar. Se enrolou. Del Bosque percebeu que seu time poderia sofrer um gol a qualquer momento e colocou David Silva em campo. Fàbregas foi o substituído.

"Punido" por perder duas boas oportunidades, Soldado também deixou o campo. Ídolo da torcida, Fernando Torres entrou com a missão de empurrar a bola pra rede a afastar o perigo do empate que era iminente. E essa mudança logo surtiu efeito. Após cruzamento de Pedro, Torres meteu a cabeça na bola e marcou. Foi seu quinto gol na Copa das Confederações. Os nigerianos ainda perderam mais um gol incrível. Sozinho, Muhammad chutou para fora.

A partir daí, a Nigéria sentiu o golpe. A classificação, que parecia improvável, se tornou impossível. Ainda mais depois de mais um gol de Jordi Alba: entrou livre na área, driblou Enyeama e marcou seu segundo gol. Mesmo sem ser brilhante como em outros jogos, a Espanha provou porque é a favorita ao título. E que seu atual elenco é de encher os olhos dos amantes do futebol. Que venha a Itália!

NIGÉRIA 0 X 3 ESPANHALocal: Castelão, Fortaleza (CE)Data/Hora: 23/6/2013, às 16hÀrbitro: Joel Aguilar (SLV)Gols: Jordi Alba, 3'/1ºT (0-1); Fernando Torres, 17'/2ºT (0-2); Jordi Alba, 43'/2ºT (0-3)Cartões amarelos:

ESPANHA: Valdés; Arbeloa, Sergio Ramos, Piqué e Alba; Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro (David Villa, 30'/2ºT), Fàbregas (David Silva, 9'/2ºT) e Soldado (Fernando Torres, 15'/2ºT). Técnico: Vicente del Bosque

NIGÉRIA: Enyeama, Ambrose, Oboabona, Omeruo (Egwuekwe, 11'/1ºT) e Echiejile; Obi Mikel, Mba (Ogu, 18'/2ºT) e Ogude; Musa, Akpala (26'/2ºT) e Ideye. Técnico: Stephan Keshi

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook

Jogos

Fase Grupo Rodada Data Hora Mandante Placar Visitante Local Cidade Links
Final Final Final 30/06 19:00 Brasil

2'(1ºT) Fred

44'(1ºT) Neymar

2'(2ºT) Fred

3x0 Espanha Maracanã Rio de Janeiro

veja a tabela completa

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Vídeos

VÍDEO: assista aos gols de Ferroviário 10x0 Campo Grande pela Série B Cearense