Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Copa das Confederações Copa das Confederações

Especiais

Receba as notícias

RSS

30/06/2013 - 17h19

Azzurra recuperou a personalidade e o caráter, diz técnico da Itália

A Azzurra volta para a Itália satisfeita por ter redescoberto o caráter e a personalidade da seleção. É a análise que o técnico Cesare Prandelli faz, depois da terceira colocação na Copa das Confederações, alcançada com a vitória por 3 a 2 nos pênaltis, depois do empate por 2 a 2 no tempo normal, com o Uruguai.

– Os jogadores estão de parabéns pela postura que tiveram em todo o torneio, principalmente nos últimos dias, quando foram exigidos ao máximo e responderam com um grande futebol e esforço físico. Estou orgulhoso! – disse Prandelli.

Para o treinador, se for confirmada a classificação para 2014, os jogadores precisarão estar muito bem fisicamente para suportar a Copa do Mundo no Brasil.

A Itália lidera o Grupo B das Eliminatórias Europeias, com 14 pontos, quatro à frente da Bulgária, segunda colocada. Restam quatro jogos para garantir vaga no Mundial do Brasil.

O técnico destacou ainda o desempenho de vários jogadores que estavam com fadiga muscular ou cansados e que, mesmo assim, se ofereceram para enfrentar o Uruguai.

– De Rossi disse que estava disponível nesta manhã (de domingo). Sabíamos que depois de uma hora, talvez, ele tivesse problema. E foi o que aconteceu. Tivemos de substituí-lo. Giaccherini não havia reclamado de dores, mas estava extremamente cansado porque é um dos jogadores que mais se esforçam em campo, Então, decidimos poupá-lo no início e lançá-lo no segundo tempo. Durante o jogo, alguns quase foram substituídos, mas não eu não podia mexer mais do que três vezes – disse, rindo, o técnico italiano.

– Por isso, digo que a personalidade foi algo chave nesta competição. Isso torna um time vencedor.

Além do lateral-direito Abate e do atacante Balotelli, cortados por lesão antes da semifinal, não atuaram neste domingo o zagueiro Barzagli, o volante Pirlo e o meia Marchisio – e o meia Giaccherini foi poupado no início.

Para os próximos jogos, Prandelli afirmou que a Itália precisa melhorar as finalizações. Segundo ele, apesar de ter posse de bola e de chegar ao ataque, o time não consegue definir com qualidade.

– Precisamos ser mais decisivos no ataque, é algo que pode ser melhorado ainda. Porque chegamos bem na frente, com controle da bola, mas falta determinação na hora de decidir a partida.

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook

Jogos

Fase Grupo Rodada Data Hora Mandante Placar Visitante Local Cidade Links
Final Final Final 30/06 19:00 Brasil

2'(1ºT) Fred

44'(1ºT) Neymar

2'(2ºT) Fred

3x0 Espanha Maracanã Rio de Janeiro

veja a tabela completa

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Vídeos

VÍDEO: assista aos gols de Ferroviário 10x0 Campo Grande pela Série B Cearense