Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

+ Esportes

Especiais

Receba as notícias

RSS

06/02/2017 - 08h26

Com virada improvável, New England Patriots é o campeão do Super Bowl 51

(Foto: Mike Ehrmann/AFP)
Tom Brady, mais uma vez campeão do Super Bowl. É o primeiro a ter cinco aneis

Com uma atuação fantástica a partir do final do terceiro quarto, o New England Patriots sagrou-se, na madrugada desta segunda-feira, no NRG Stadium em Houston, o campeão do Super Bowl 51. Derrotou por 34 a 28 o Atlanta Falcons, após empate em 28 a 28 no tempo normal.  O triunfo do Patriots  foi ainda mais espetacular porque o time começou mal, chegou a estar perdendo por 21 a 0 até conseguir fazer os primeiros três pontos no último ataque do primeiro tempo e, no finzinho do terceiro quarto, chegou a estar perdendo por 28 a 3.

A virada foi a maior da história de uma final de Super Bowl  (até então a maior diferença havia sido de dez pontos).

Quatro nomes foram essenciais para a vitória. O quarterback Tom Brady saiu de um primeiro tempo sofrível para comandar a virada, encerrando a partida com 54 passes certos em 62 tentados (recorde numa final), 466 jardas (também recorde em finais), 2 passes para Tds e 1 interceptação. Não por acaso ganhou o prêmio de MVP. Com cinco títulos no currículo (2001, 2003, 2004, 2014 e 2016), Brady se torna o primeiro jogador da NFL a ganhar cinco aneis (cada titulo de Super Bowl representa um anel para cada jogador do time vencedor) e ratifica a sua posição de maior de todos os tempos deste esporte.

O segundo protagonista foi  o  running back James White. Ele marcou três touchdowns,  um de recepção (que levou o jogo para a prorrogação) e dois de corrida, inclusive o último, que valeu o pentacampeonato do Patriots.

O terceiro foi o recebedor Julius Edelman. Ele fez uma recepção improvável quando restavam dois minutos para o fim do jogo: encaixou a bola no meio de três marcadores quando todos já estavam no chão. Certamente este foi o lance mais marcante da partida.

Por fim, o quarto nome é o do treinador Bill Belichick, que conseguiu contornar a deficiência do Patriots no intervalo. Com seus coordenadores,  rearrumou as rotas de passes de Tom Brady para os recebedores (colocando o running back James White como wide receiver e este encerrando a partida com 110 jardas somente em recepção). Assim, o técnico saiu de Houston também com o seu quinto título (é o treinador com o maior número de Super Bowls).

Do lado do Atlanta Falcons certamente ficará o gosto muito amargo de uma vitória que parecia certa. O quarterback Matt Ryan, escolhido o MVP da temporada, fechou o primeiro tempo com rating (produtividade) perfeita: 158,3 (isso significaria nota 10 numa prova). Foram sete passes certos em oito um deles para TD. Porém, viu seus números sofrerem queda na etapa final e saiu de campo com 17 passes certos em 23 e 2 touchdowns.

Minutos depois da partida, o presidente Donald Trump tuitou uma mensagem parabenizando o New England Patriots e o seu grande amigo Tom Brady. "Que fantástica virada. Vocês são totais vencedores" disse Trump, citando Brady, Belichick e o presidente da franquia Robert Kraft.

Lady Gaga e Papa Francisco

Vale citar que Lady Gaga fez o show do intervalo. Co mo previsto, ela mostrou ousadia, descendo pelo teto do estádio no início da apresentação e sumindo num fosso, simulando uma recepção de uma bola na hora da despedida.
E  até o papa Francisco teve uma participação; O pontífice  gravou um vídeo exaltando a competição: "Que o Super Bowl  deste ano possa ser um sinal de paz, amizade e solidariedade para o mundo", disse.

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook
modelo3
Erro ao renderizar o portlet: EN_Clubes

Erro: No module named aplication
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: EN_Destaque Video Interna

Erro: No module named aplication