Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Minuto L

Especiais

Receba as notícias

RSS

17/02/2017 - 11h05

Phelps quer vestir nadadores em Tóquio-2020 com marca autoral

LIONEL BONAVENTURE / AFP

Michael Phelps quer estar nas Olimpíadas de Tóquio em 2020: não dentro das piscinas, já que o nadador se aposentou na última edição, mas com a própria linha de material esportivo especializada em competições aquáticas, vestindo as estrelas em território japonês.

"Eu já fiz minha parte", sentenciou Phelps durante evento promocional da marca MP, em Paris, cortando qualquer possibilidade de boato sobre a desistência da aposentadoria.

A vida dedicada ao esporte de alto nível deixou previsível que Phelps continuaria conectado com as piscinas de alguma maneira. O mundo têxtil foi o novo caminho e, desde 2014, o americano colabora com o fabricante de materiais de natação Aqua Sphere, ajudando na concepção e na elaboração de trajes de competição.

"Se transformou em uma paixão e eu passei a dedicar muito tempo e energia", explicou o maior medalhista olímpico da história com 28 pódios, sendo 23 ouros.

"Gosto de estar próximo do esporte, da natação. Vai ser assim pro resto da minha vida", garantiu, acrescentando que "eu tinha mais confiança no meu nado depois de participar da concepção dos trajes".

- 'Vasta experiência'
Em 2012, depois dos jogos de Londres, Phelps anunciou a aposentadoria, mas dois anos mais tarde voltou a competir.

Agora o ex-nadador espera aproveitar a vasta experiência para projetar trajes de competição que ajudem os novos campeões.

O dia a dia do agora empresário tem reuniões "com um grupo de engenheiros e um time que faz o desenho dos produtos. Uma experiência louca", admitiu Phelps.

"Não tive essa possibilidade antes, de alguém ouvir o que tenho a dizer sobre uma roupa de competição", revelou.

Em 2016, o americano disse que nadadores, especialmente os australianos, já tinham roupas de sua marca, mas que não podiam usá-las, "porque a seleção nacional tinha outro fornecedor".

"A tecnologia e o esporte vão continuar crescendo", sentenciou.

O grande desafio a médio prazo são os Jogos Olímpicos de Tóquio. Phelps agora espera realizar um novo sonho: os melhores nadadores do mundo usando trajes desenhados por sua equipe.

 

AFP

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook
modelo3
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde