Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Minuto L

Especiais

Receba as notícias

RSS

15/05/2017 - 10h43

"Estamos nos aproximando da Ferrari", disse Lewis Hamilton após vitória no GP da Espanha

(Foto: AFP / Lluis Gene)
Esta foi a segunda vitória do britânico em casa

Em seu 55º triunfo na Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton comemorou o bom desempenho da Mercedes, neste domingo, no GP da Espanha. Para o piloto, o trabalho do grupo está aproximando a equipe de sua principal concorrente, a Ferrari. “Eu realmente tenho que agradecer a todos pelo ótimo trabalho de estratégia e a todos da fábrica pelas atualizações no carro. Isto está nos permitindo ficar tão perto da Ferrari quanto estamos”, afirmou Hamilton.

“O grupo fez um trabalho incrível hoje, foi perfeito e é assim que todas as corridas devem ser. O Sebastian Vettel estava incrivelmente perto e igualmente rápido, mas nosso time teve ótimas estratégias”, defendeu o segundo colocado geral no Mundial de Construtores. “A Mercedes tem um trabalho fenomenal, o carro e o ritmo de Vettel são incríveis”, elogiou Hamilton. “Mas no final eu consegui administrar a situação”.

O alemão Vettel permanece como número um da disputa na classificação geral, com 104 pontos — seis a mais que o segundo colocado. “Tentamos permanecer na competição, fizemos tudo que pudemos, mas Lewis foi bem e fez uma boa corrida”, afirmou o piloto da Ferrari. “Esperávamos que ele fosse ter dificuldades com o pneu no final, mas ele não teve problemas. Tentamos ficar próximos, nas nunca era o suficiente”. disse o alemão, que foi além. “Ele venceu com honestidade, não podemos tirar isso dele”, concluiu o segundo colocado da corrida.

Daniel Ricciardo, terceiro no Grande Prêmio da Espanha e quinto na tabela geral, atribui parte da sua subida ao pódio à sorte. O motor do carro de Valtteri Bottas, da Mercedes, não aguentou e, ao abandonar a prova, o finlandês abriu espaço para Ricciardo. “Não sei ao certo qual foi o problema no carro dele, mas agora aproveitamos o que podemos. É legal estar no pódio novamente. Estou realmente feliz em jogar champanhe para o alto outra vez”, disse o australiano. (via Gazeta Esportiva)

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook
modelo3
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde