Logo Portal O POVO Online

Esportes

  • Ceará
  • Fortaleza
  • Ferroviário
  • Grêmio
  • Internacional
  • Flamengo
  • Vasco
  • Botafogo
  • Fluminense
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Santos
  • Palmeiras
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
rss

Olimpíadas

Especiais

Receba as notícias

RSS

27/07/2016 - 06h48

Ghislain Perrier, o esgrimista nascido em Fortaleza e criado na França

Nascido em Fortaleza e radicado na França, esgrimista Ghislain Perrier volta ao Brasil pelo sonho de disputar uma edição dos Jogos Olímpicos

Foi às origens que ele precisou voltar para encontrar seu sonho. Nascido em Fortaleza e tendo vivido a maior parte de seus 29 anos na França, o esgrimista Ghislain Perrier representará o Brasil nos Jogos do Rio — que começam daqui a nove dias —, no florete individual e por equipes.

Ghislain foi adotado por um casal de franceses quando tinha um ano. Na terra da língua que deu à modalidade termos como en garde (em guarda) e touché (toque), se fez esgrimista, chegando a competir pela França e vencer torneios de base. Sem muitas chances de disputar Olimpíada por lá, a opção foi pensar no passado para chegar ao sonho no futuro.

Nas bandas de cá, o CPF e o passaporte nacional o fazem brasileiro de direito. Isso, junto a uma frustrante ausência em Londres-2012 e a uma desavença com o então treinador francês, engatilhou a possibilidade de chegar à Rio-2016 sob outra bandeira. Nos últimos quatro anos, Ghislain conquistou resultados significativos, como a prata por equipes e o bronze no individual no Pan de Toronto, ano passado. Dos floretistas brasileiros, Ghis, como é conhecido, é o melhor colocado no ranking mundial, em 46º.

Nada que o faça sonhar com um pódio no Rio. Mas, nada que impeça a realização de um desejo que teve de cruzar o Atlântico para ser concretizado.


As barreiras nesse percurso não foram poucas. A começar pela língua. Ainda morando na França, os curtos períodos de Brasil permitem a Ghis somente arranhar algumas palavras do português. Outro ponto é o apoio. Pouco difundida no País, a esgrima nem de perto tem o mesmo aporte financeiro que outros esportes. Tampouco se aproxima do reconhecimento que há na França. Tais diferenças são notadas até mesmo dentro da equipe brasileira. Ghislain recebe R$ 4 mil da Confederação Brasileira de Esgrima. Mas os demais floretistas do time brasileiro recebem também patrocínio da Petrobras.

"A Petrobras se recusa a conceder-me (verba) porque eu sou o melhor atleta do Brasil em florete, mas eu aprendi esgrima na França", disse após as medalhas no Pan.

GHISLAIN
GHISLAIN GABRIEL PERRIER
Data de Nascimento: 17/5/1987, em Fortaleza
Principais conquistas: bronze no Pan de Toronto - Florete Individual, prata no Pan de Toronto - Florete por equipes
Pela França: prata no Campeonato Mundial Júnior - 2006, bronze no Campeonato Europeu Júnior - 2006, bronze na Universíade - 2009
FLORETE NO RIO
Favorito ao ouro: Alexander Massialas (EUA). Itália e EUA são favoritos por equipes
Brigam por medalha: Yuki Ota (Japão), Jianfei Ma (China) e Gerek Meinhardt (EUA). Rússia e França brigam por medalhas nas equipes
Demais brasileiros na disputa: Guilherme Toldo e Henrique Marques

Compartilhar
Espaço do Leitor As informações são de responsabilidade do autor:
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários Nome Cidade Escreva seu comentário 300
o povo
anônimo
twitter
facebook
modelo3
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde